Laboratório Veterinário Diagno Vet
Qualidade
Fale Conosco

(67) 3356-3991   (67) 9259-1506

Segunda a Sexta - 8h às 18h, Sábado - 8h às 12h

PESQUISA NO SITE:

Red Cell Distribution Width - RDW

Um parâmetro a mais nos hemogramas do Diagno Vet

por Thatianna Camillo Pedroso


Qual seu significado e a sua utilidade?

O RDW (Distribuição da Largura das Células Vermelhas) é um índice relacionado à anisocitose, isto é, a diferença de tamanho entre as hemácias. Este índice hematimétrico somente é calculado pelos modernos contadores hematológicos automatizados, por isso é altamente sensível. Ele avalia a distribuição dos eritrócitos de uma amostra em relação ao seu diâmetro, refletindo seu grau de heterogeneidade, por isso deve ser avaliado em conjunto ao VGM para classificação das anemias.

O RDW é considerado o índice mais sensível na avaliação da morfologia dos eritrócitos, pois seu valor é estipulado pelos contadores hematológicos quando estes verificam o total de eritrócitos presentes em determinada amostra e os classificam pelo tamanho.

O VGM, parâmetro rotineiramente utilizado, depende de um grande percentual de células com tamanho alterado para apontar anormalidade, e a avaliação morfológica das hemácias nos esfregaços sanguíneos sofre com a subjetividade, tornando-se limitada.

Na Medicina, o RDW foi rapidamente aceito e utilizado, pois se verificou sua correlação com a anisocitose nos esfregaços sanguíneos e na contagem de reticulócitos. Criou-se, então, uma nova forma de classificação das anemias humanas, atualmente baseadas tanto no VGM quanto no RDW. O primeiro índice classifica as anemias de acordo com o tamanho médio das hemácias (micro, normo ou macro) e o segundo, de acordo com a variação entre seu tamanho. Assim, quando o valor do RDW está dentro dos valores de referência, a anemia é chamada homogênea, e quando ele está acima dos valores de referência, a anemia é dita heterogênea.

Em cães, o RDW mostrou-se mais sensível do que o VGM e a avaliação morfológica de anisocitose nas extensões sanguíneas, podendo acusar anormalidade antes dos demais parâmetros. Também foi verificada associação entre o aumento do RDW e o aumento do número de reticulócitos circulantes. Em equinos, sua avaliação tem se tornado cada dia mais importante, devido à não-liberação característica de eritrócitos imaturos na circulação pela medula óssea desses animais. O quadro a seguir, adaptado de D´Avila, 2011, ilustra algumas situações:



Relação VGM /RDW Possíveis causas
VGM ↑ / RDW ↑ Alta quantidade de reticulócitos (animais recém-nascidos, anemias hemolíticas ou por hemorragia)
VGM normal / RDW ↑ Desordens nutricionais ou hemolíticas
VGM ↓ / RDW ↑ Deficiência de ferro
VGM normal / RDW normal Desordens hipoproliferativas

BIBLIOGRAFIA

BALARIN, M. R. S., LOPES, R. S., KOHAYAGAWA, A., LAPOSY, C. B., FONTEQUE, J. H. Valores de amplitude de distribuição do tamanho dos eritrócitos (RDW) em equinos Puro Sangue Inglês (PSI) submetidos a exercícios de diferentes intensidades. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, v. 43, n. 5, p. 637-641, 2006.

D´AVILA, A. E. R. Parâmetros hematológicos e classificação de anemia em uma população de cães atendidos no Lacvet – UFRGS. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Monografia de Residência. 59 p. Porto Alegre, 2011.

FLAIBAN, K. K. M. C., BALARIN, M. R. S. Estudo comparativo entre a amplitude de variação dos eritrócitos (RDW – Red Blood Cell Distribution Width) e o Volume Globular (VG), Volume Globular Médio (VGM) e a presença de anisocitose em extensão sanguínea de cães. Semina: Ciências Veterinárias, v. 25, n. 2, p. 125-130, 2004.

PEDROSO, T. C. Curso de interpretação de hemogramas em Medicina Veterinária. Portal Educação, Campo Grande, MS. Disponível em: <http://www.portaleducacao.com.br/cursos/857/curso-de-interpretacao-de-hemogramas-em-medicina- veterinaria>. Acesso em 30 jun. 2011.